24ª CURTAS DE VILA DO CONDE – FESTIVAL INTERNACIONAL DE CINEMA

17/06/2016
De 9 a 17 de julho, Vila do Conde é local de visita obrigatória para os amantes de cinema de todo o mundo.

Já na sua 24ª edição, o Curtas de Vila do Conde – International Film Festival traz mais cinema de curtas-metragens a Portugal. Este festival é dedicado à divulgação das mais recentes tendências no cinema contemporâneo, tendo consolidado um lugar de destaque no panorama europeu dos festivais internacionais de cinema.

Cineastas de todo o mundo submeteram obras para as secções competitivas do festival. Com uma programação extremamente diversa, cuja principal atração são as curtas-metragens, o Curtas Vila do Conde tem evoluído para se tornar no festival multidisciplinar em torno das imagens em movimento que é hoje, juntando públicos e participantes de todas as idades, origens e ocupações durante os seus nove dias de atividade, de 9 a 17 de julho.

Uma Programação Eclética

O Curtas de Vila do Conde orgulha-se de uma programação eclética e altamente diversificada. Entre concertos musicais ligados ao cinema, filmes feitos por crianças, exposições e muito mais, este festival foi expandindo a sua programação à medida que a própria dinâmica do evento foi crescendo, ano após ano. Nesta 24ª edição, o programa do festival divide-se em seis segmentos competitivos e quatro segmentos não-competitivos.

Entre os não competitivos, encontramos o Stereo, um segmento inovador em que o cinema é reinterpretado por músicos e bandas em filmes-concerto tocados ao vivo; o In Focus, que mostra, todos os anos, autores relevantes do cinema para estimular a cultura cinematográfica do público; os Panoramas Nacional e Europeu, que reúnem uma seleção de curtas portuguesas e europeias que complementam o programa do festival.

Quanto aos quatro segmentos competitivos, que são os mais procurados pelo público do festival, este ano, temos:

Competição Internacional:

Este segmento representa uma mostra de luxo daquilo que de melhor se faz de curtas no cinema mundial. São 38 os filmes submetidos à Competição Internacional, entre os quais se encontram obras de ficção, documentário e animação.

Competição Nacional:

Destacando a singularidade do cinema português, a Competição Nacional seleciona filmes que desafiam continuamente as fronteiras entre géneros e temas. Entre autores consagrados e cineastas estreantes, este segmento conta com 16 filmes portugueses.

Competição Experimental:

A categoria de cinema experimental surge como um lugar de liberdade, quebrando as regras rígidas do cinema narrativo. Nos 20 filmes que compõem esta secção este ano, encontram-se exemplos de diversas técnicas que têm sido usadas no cinema experimental ao longo das décadas.

Competição de Vídeos Musicais:

O vídeo musical, na sua melhor forma, não é apenas um meio de promoção de uma música ou artista. Esta competição pretende realçar precisamente isso, dando destaque a vídeos musicais portugueses que tenham uma densidade cinematográfica assinalável, celebrando a música e o cinema numa única sessão. Este ano, 13 filmes entram nesta competição.

Competição "Take One!”:

O Curtas Vila do Conde reconhece a produção cinematográfica que se faz no ensino universitário e profissional. Como tal, o festival tem incluído, ao longo dos últimos anos, as melhores obras produzidas por alunos na competição de escolas do Take One!. Este ano, são 13 as obras neste segmento. Para além da competição, há, ainda, uma componente educativa no Take One!, estimulada em workshops e debates.

Competição "Curtinhas”:

A organização do festival acredita que o cinema e o audiovisual dominam o dia-a-dia das crianças e reconhecem grande importância na educação para o cinema. No mini-festival "Curtinhas”, incluem-se três secções competitivas (para maiores de 3, 6 e 9 anos), onde serão as próprias crianças a decidir os vencedores. Em adição à competição, há o Espaço Infantil Brincar ao Cinema, onde os pais poderão deixar as crianças em tarefas educativas enquanto assistem às sessões do festival.

 

Portugal em Competição

Para além das 16 obras da Competição Nacional e das 13 obras da Competição de Vídeos Musicais, Portugal também compete na Competição Experimental, com "NYC 1991”, de Paulo Abreu, disputando o título com 19 outras obras oriundas de todo o mundo.



Competição Nacional

"A BRIEF HISTORY OF PRINCESS X”, de Gabriel Abrantes;

"A CASA OU MÁQUINA DE HABITAR”, de Catarina Romano;

"À NOITE FAZEM-SE AMIGOS”, de Rita Barbosa;

"ANTÓNIO, LINDO ANTÓNIO”, de Ana Maria Gomes;

"CIDADE PEQUENA”, de Diogo Costa Amarante;

"FEITOS E DITOS DE NASREDDIN II”, de Pierre-Marie Goulet;

"FIESTA FOREVER”, de Jorge jácome;

"FIM DE LINHA”, de Paulo D’Alva e António Pinto;

"O DIA DO MEU CASAMENTO”, de Anabela Moreira e João Canijo;

"PEDRO”, André Santos, de Marco Leão;

"PENÚMBRIA”, de Eduardo Brito;

"POR DIABOS”, de Carlos Amaral;

"SEBASTIÃO, O FANTASMA”, de Lúcia Prancha;

"SETEMBRO”, de Leonor Noivo;

"SEVERED GARDEN”, de Gonçalo Almeida;

"ZOOTRÓPIO”, de Tiago Rosa-Rosso.

 

Competição de Vídeos Musicais

"A MINHA CENA” – CARLÃO, realizado por Alexandre Farto AKA Vhils e Leonor Viegas;

"BEM VINDOS AO CAOS” – PHOENIX RDC, realizado por André Santos;

"CÉU” – BATIDA FT. FRÀNÇOIS & THE ATLAS MOUNTAINS, realizado por Vasco Vala;

"CINEGIRASOL” – OS AZEITONAS, realizado por Bruno Caetano e Rui Telmo Romão;

"EVERYTHING IS CHANGING” – RUI MAIA, realizado por Vasco Mendes;

"EXHAUSTION” – TUNDRA FAULT, realizado por Miguel De;

"FAVA” – OS PRINCIPES, realizado por Maria Monica;

"GODS WE ARE” – SAVANNA, realizado por Francisco Eduardo e Gonçalo Sbrugens;

"HANGING AROUND” – GALORE, realizado por Mafalda Aleixo, Francisco Ferreira;

"KINDNESS AND TALK” – EVOLS, realizado por Hugo Amaral;

"MIRAGEM” – PEIXE : AVIÃO, realizado por We Are Tarzan;

"MY HEART SAFE AT HOME” – THE LEGENDARY TIGERMAN, realizado por Susana Abreu;

"VILLA SOLEDADE” – SENSIBLE SOCCERS, realizado por Laetitia Morais.



A 24ª edição do festival Curtas Vila do Conde conta com o alto patrocínio da Câmara Municipal de Vila do Conde, do Ministério da Cultura de Portugal, e do ICA - Instituto do Cinema e do Audiovisual, IP.

Para mais informações sobre o festival, visite o website oficial do evento e mantenha-se a par das novidades na página de facebook.