DOCLISBOA — PARA ALÉM DO FESTIVAL

23/07/2017
O Doclisboa — Festival Internacional de Cinema decorre de 19 a 29 de outubro, mas conta com iniciativas de cinema todo o ano.

A Apordoc - Associação pelo Documentário é a entidade organizadora do Doclisboa. Ao longo de todo o ano, a associação tem implementado diversos eventos, tanto para promover o festival, como para contribuir para um maior reconhecimento e apreciação pelo cinema.

 

DOC NO LARGO

A iniciativa a decorrer atualmente é o Doc no Largo: um ciclo de cinema com duas sessões ao ar livre no Largo do Intendente, em Lisboa. A primeira sessão decorreu a 20 de julho, tendo contado com a exibição da curta-metragem AZAYZ, de Ilias El Faris, e da longa-metragem A NOI CI DICONO, de Ludovica Tortora de Falco.

A próxima sessão está marcada para 10 de agosto e o filme apresentado será A CIDADE ONDE ENVELHEÇO, coprodução luso-brasileira da realizadora Marília Rocha. Todas as obras programadas nesta iniciativa foram premiadas no Doclisboa 2016. As sessões começam às 21h30 e são de entrada gratuita.

A CIDADE ONDE ENVELHEÇO

NOVO PRÉMIO NO FESTIVAL

A Fundação INATEL e a Apordoc - Associação para o Documentário aliam-se para criar o Prémio INATEL - Prática, Tradição e Património, a atribuir na edição de 2017 do Doclisboa.

O prémio é transversal a todas as secções do festival exceto retrospectivas e Cinema de Urgência. A temática dos filmes deve estar associada a práticas e tradições culturais e ao património imaterial da Humanidade, sendo que melhor das dez obras a concurso receberá o prémio.

No âmbito do protocolo criado para o Prémio Fundação INATEL, e num diálogo com os filmes a concurso, serão também apresentadas atividades para reflexão dos temas relacionados com a temática das tradições culturais e património imaterial.

Doclisboa 2017

Saiba mais sobre o festival no website oficial e acompanhe as novidades na página de Facebook do evento.