12 PORTUGUESES NO GO SHORT

09/04/2018
Nove filmes em competição, dois em programas especiais e um realizador no talent campus do Festival, compõem a lista de participações portuguesas na 10.ª edição do Go Short - International Short Film Festival de Nijmegen, que decorre nesta cidade holandesa, entre 11 e 15 de abril.

Para a Competição Europeia do Festival foram selecionadas as obras ANTÃO, O INVISÍVEL, de Maya Kosa e Sérgio da Costa (Suíça/Portugal); COUP DE GRÂCE, de Salomé Lamas; ÁGUA MOLE, de Laura Gonçalves e Alexandra Ramires (Xá); FLORES, de Jorge Jácome; MIRAGEM MEUS PUTOS, de Diogo Baldaia; O HOMEM ETERNO, de Luís Costa; UBI SUNT, de Salomé Lamas.

ONDE O VERÃO VAI (EPISÓDIOS DA JUVENTUDE), de David Pinheiro Vicente e DE MADRUGADA, de Inês de Lima Torres, foram selecionados para a Competição de Estudantes.

De destacar, igualmente, a seleção de Bernardo Lopes para o GO SHORT Campus, direcionado para o desenvolvimento de projetos de curta-metragem, onde o jovem realizador português vai estar a desenvolver o seu próximo projeto, MOÇO, que conta com produção da Fado Filmes e apoio da Loulé Film Office e da Câmara Municipal de Loulé.

A BRIEF HISTORY OF PRINCESS X e OS HUMORES ARTIFICIAIS, de Gabriel Abrantes, foram também selecionados para a 10.ª edição do Festival holandês, incluídos em programas especiais, respetivamente, Late Night e Spotlight (mostra de filmes nomeados para os European Film Awards, na categoria de melhor curta-metragens).

Nos cinco dias do festival serão apresentadas mais de 500 curtas-metragens, entre as quais as 101 obras em competição, selecionadas a partir de mais de 2500 filmes submetidos a apreciação.

Conheça a programação completa do festival.