Djon África compete em Roterdão

10/01/2018
A longa-metragem de João Miller Guerra e Filipa Reis foi selecionada a competição Hivos Tiger do Festival Internacional de Cinema de Roterdão, Holanda.
DJON ÁFRICA, uma coprodução Portugal, Brasil e Cabo Verde, é um dos oito filmes selecionados para a competição principal do Festival Internacional de Cinema de Roterdão – Hivos Tiger Competition -, que decorre entre 24 de janeiro e 4 de fevereiro.

Em competição neste festival estará também MIRAGEM MEUS PUTOS, de Diogo Baldaia, que concorre ao galardão Ammodo Tiger, atribuído à melhor curta-metragem.

Sobe, assim, para dez o número de obras portuguesas que participam no Festival, nomeadamente, e além dos já mencionados, SUNSTONE, de Louis Henderson e Filipa César; TUDO O QUE IMAGINO, de Leonor Noivo; TEMPO COMUM, de Susana Nobre; FÁTIMA, de João Canijo; A FÁBRICA DE NADA, de Pedro Pinho; e as coproduções nacionais O CAPITÃO, de Robert Schwentke; MILLA, de Valérie Massadian; e ZAMA, de Lucrecia Martel.

A apresentação da programação completa do 47.º Festival Internacional de Cinema de Roterdão está agendada para 17 de janeiro.