FESTIVAL TEMÁTICO TEMPS D’IMAGES REGRESSA A LISBOA

11/10/2017
A 15ª edição do Festival Temps d’Images decorre de 13 de outubro a 5 de dezembro, em Lisboa.

Lisboa recebe mais uma edição do Festival Temps d’Images, que junta as artes do palco e as da imagem, oferecendo ao público uma programação que permite o aparecimento de novos artistas e o testemunho dos que já têm experiência no meio. 

Com produção da Duplacena, o Festival tem lugar em vários espaços de Lisboa, como o Teatro da Trindade, Rua das Gaivotas, Teatro São Luiz, Teatro Maria Matos, Teatro Dona Maria II, Cinema Ideal, entre outros.

Além das exposições, instalações e espetáculos, o cinema também estará presente, com a exibição de filmes portugueses. Confira a lista das obras, os horários e locais correspondentes:

22 de novembro, 19:30H (Rua das Gaivotas 6)
PERGUNTAS DIFÍCEIS, de João Meirinhos 

23 de novembro, 19:30H (Cinema Ideal)
Sessão de Curtas da Escola Superior de Teatro e Cinema
RHOMA ACANS, de Leonor Teles.
PRIMÁRIA, de Hugo Pedro.
HORA DI BAI, de Bruno Leal.
LENTA COMBUSTÃO, de Joana Carneiro Reis.
DE MADRUGADA, de Inês de Lima Torres.
O MEU PIJAMA, de Maria Inês Gonçalves.

24 de novembro, 19:30H (Cinema Ideal)
NUNCA AS MINHAS MÃOS FICAM VAZIAS, de Miguel Munhá.

25-29 de novembro, 19:30H (Cinema Ideal)
SILÊNCIOS DO OLHAR, de José Nascimento

Destaque ainda para a exibição de filmes do estúdio Le Fresnoy um centro de formação artística e audiovisual francês, cuja programação inclui a obra A GUEST + A HOST = A GHOST, de Jorge Jácome. As exibições dividem-se em duas sessões:

26 de outubro, 1ª Sessão (Fundação Leal Rios)
UNDER CONSTRUCTION, de Zhenchen Liu.
SANS TITRE, de Neil Beloufa.
TEMPS MORT, de Mohamed Bourouissa.
INTERLUDES, de Jannick Guillou.
GENERATIA DE SACRIFICIU, de Jean Christophe.

27 de outubro, 2ª Sessão (Fundação Leal Rios)
JEANNE, de Dania Reymond.
WHAT MAKES ME TAKE THE TRAIN, de Pierre Mazingarbe.
TEHRAN-GELES, de Arash Nassiri.
A GUEST + A HOST = A GHOST, de Jorge Jácome (coprodução Portugal/França).
TEZEN, de Shirley Bruno (obra premiada por Miguel Leal Rios).

Consulte o programa completo no website oficial do Festival e acompanhe as novidades na página de Facebook