Locarno com nova secção competitiva

13/07/2017
13/07/2017
A secção Signs of Life passa a integrar a competição do festival suíço e entre os candidatos ao prémio está uma coprodução portuguesa.
A longa-metragem ERA UMA VEZ BRASÍLIA, uma coprodução luso-brasileira, com participação da produtora portuguesa Terratreme, integra a lista de obras selecionadas para a secção Signs of Life, do festival de Locarno, que se realiza entre 2 e 12 de agosto, na Suíça.

Tendo integrado o Festival de Locarno em 2014 como uma secção não competitiva, o sucesso registado nos últimos anos justifica que a Signs of Life passe agora a incluir um prémio monetário, suportado pela electronic-art.foundation, em Zurique.

A lista de filmes portugueses que participam no festival suíço inclui, assim, seis produções ou coproduções portuguesas. ANTÓNIO E CATARINA, ERA UMA VEZ BRASÍLIA, MILLA, VERÃO DANADO e 9 DEDOS integram secções competitivas e O HOMEM DE TRÁS-OS-MONTES será exibido fora de competição, na secção de curtas-metragens.