SÃO JORGE VENCE MELHOR FILME NOS PRÉMIOS SOPHIA

26/03/2018
O filme de Marco Martins arrecadou sete prémios, nomeadamente Melhor Filme, Melhor Realizador, Melhor Ator Principal (Nuno Lopes) e Melhor Ator Secundário (José Raposo), Melhor Direção de Fotografia (Carlos Lopes), Melhor Direção Artística (Wayne dos Santos) e Melhor Argumento Original (Ricardo Adolfo e Marco Martins). A cerimónia de entrega dos Prémio Sophia 2018, da Academia Portuguesa de Cinema, decorreu ontem, no Casino Estoril.

NOS INTERSTÍCIOS DA REALIDADE OU O CINEMA DE ANTÓNIO DE MACDEO, de João Monteiro, venceu o prémio de Melhor Documentário de Longa-metragem, e O HOMEM ETERNO, de Luís Costa, recebeu o Sophia para Melhor Documentário em Curta-metragem. Ainda na categoria de curtas-metragens, COELHO MAU, de Carlos Conceição, e A GRUTA DE DARWIN, de Joana Toste, venceram Melhor Curta-metragem de Ficção e Melhor Curta-metragem de Animação, respetivamente.

Na representação, Rita Blanco recebeu o Sophia de Melhor Atriz Principal, pelo seu trabalho em FÁTIMA, de João Canijo, e Isabel Abreu, venceu o prémio de Melhor Atriz Secundária, pelo seu desempenho em UMA VIDA À ESPERA, de Sérgio Graciano.

O Prémio Sophia Estudante foi entregue a SNOOZE, de Dinis Leal Machado, e MADRE PAULA venceu na categoria Melhor Série/Telefilme.

Foram ainda atribuídos pela Academia Portuguesa de Cinema três Prémios Carreira: ao realizador Lauro António, à caracterizadora e atriz Ana Lorena e ao realizador de animação Artur Correia, recentemente falecido.

Fique a conhecer a lista completa de premiados no sítio da Academia Portuguesa de Cinema.