TRÊS FILMES PORTUGUESES EM CLERMONT-FERRAND

12/12/2017
O Festival du court métrage de Clermont-Ferrand, considerado um dos mais importantes festivais europeus de curtas-metragens, selecionou três obras portuguesas para integrar duas das suas três secções competitivas. O Festival decorre de 2 a 10 de fevereiro de 2018.
A coprodução luso-brasileira, A GIS, de Thiago Carvalhaes, e a curta-metragem portuguesa TUDO O QUE IMAGINO, de Leonor Noivo, foram selecionadas para a Competição Internacional.

COELHO MAU, de Carlos Conceição, uma coprodução Portugal/França, integra a Competição Nacional do Festival francês.

Na edição de 2017 do Festival du court métrage de Clermont-Ferrand, o português ESTILHAÇOS, de José Miguel Ribeiro, conquistou o Prémio de Melhor Filme Documentário, na competição internacional. Em outras edições anteriores, SIZÍGIA, de Luís Urbano, recebeu o Prémio Especial do Júri (2013, Competição Lab) e a curta ESTORIA DO GATO E DA LUA, de Pedro Serrazina, mereceu uma Menção Especial do Júri (1997, Competição Internacional).