Vencedores Cinanima 2018

19/11/2018
A curta-metragem alemã OBON, de Andre Hörmann e Anna Bergman, ganhou o Grande Prémio e AGOURO, de David Doutel e Vasco Sá, e 4 ESTADOS DA MATÉRIA, de Miguel Pires de Matos, venceram 'ex-aequo' a competição portuguesa.
O Júri, constituído por Pedro Serrazina, Riho Unt e Vera Neubauer, entregou o Grande Prémio da Competição Internacional, CINANIMA 2018 - Cidade de Espinho, à curta-metragem alemã OBON, documentário animado de Andre Hörmann e Anna Bergman, que conta a história de Akiko Takakura, uma das sobreviventes da bomba atómica lançada em Hiroshima.

Na Competição Portuguesa, AGOURO, de David Doutel e Vasco Sá, e 4 ESTADOS DA MATÉRIA, de Miguel Pires de Matos, foram os vencedores do Prémio António Gaio. O filme de David Doutel e Vasco Sá foi ainda distinguido com uma menção Honrosa na Competição Internacional.

Os Prémios Jovem Cineasta foram também entregues a filmes nacionais: HARMOS, do Coletivo de crianças e jovens de Abrantes sob orientação de Ícaro Pintor e Tânia Duarte, venceu na categoria menores de 18 anos e O VIAJANTE, de João Gonzalez, foi distinguido na categoria de maiores de 18 anos. Nesta categoria houve ainda lugar a duas menções honrosas, uma para ASSOMBRIAÇÃO, dos Alunos do 7º Ano do Agrupamento de Escolas Lousada Este - Caíde de Rei, e outra para NUNO E A SEREIA, das Crianças das Oficinas da ANILUPA da Associação de Ludotecas do Porto, alunos da turma 4A da EB do Viso.

Conheça a lista completa de vencedores no sítio do Cinanima, que decorreu entre 12 e 18 de novembro, em Espinho.