Filmes portugueses em competição na Dinamarca

21/02/2024
Há várias obras com assinatura portuguesa no festival de documentários CPH:DOX, que decorre de 13 a 24 de março, em Copenhaga.
Do cartaz do festival dinamarquês constam duas obras que marcaram presença no Festival de Cannes em 2023: a curta-metragem de Pedro Costa,"As filhas do Fogo”, que foi exibida na seleção oficial, e "A flor do Buriti”, de João Salaviza e Renée Nader Messora, filmada na terra indígena de Kraholândia, no Brasil, e que integrou a secção Un Certain Regard do Festival de Cannes. Foi também escolhido "Em ano de safra”, o documentário de Sofia Bairrão sobre extração de cortiça de sobreiros no centro de Portugal.

Foram ainda selecionadas algumas coproduções, nomeadamente: a animação "Mataram o pianista”, de Fernando Trueba e Javier Mariscal, com a Animanostra, "O auge do humano 3”, de Eduardo Williams, com a Oublaum Filmes, e "Eureka”, de Lisandro Alonso, com a Rosa Filmes.

A obra documental "As noites ainda cheiram a pólvora”, do moçambicano Inadelso Cossa, com coprodução da DuplaCena, que está atualmente em exibição no Festival de Berlim, vai competir na secção Next Wave.